Altri compromete-se com objetivos sustentáveis das Nações Unidas

Altri compromete-se com objetivos sustentáveis das Nações Unidas

A Altri aderiu ao United Nations Global Compact, comprometendo-se desta forma com os objetivos de sustentabilidade definidos por esta organização das Nações Unidas.

Na prática, a Altri compromete-se em alinhar a sua estratégia e refletir na sua cultura e operações diárias em dez princípios fundamentais que envolvem direitos humanos, práticas laborais, proteção ambiental e mecanismos anticorrupção.

A empresa compromete-se de igual forma a contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos na Agenda Mundial 2030, identificando aqueles em que tem maior impacto positivo através das suas operações, produtos e soluções, e nos que pretende minimizar o impacto negativo.

Mas os compromissos não vêm vazios. A empresa afirma que vai assegurar a sua mensuração regular e avaliação do atingimento das metas.

Para o CEO da Altri, José de Pina, “é absolutamente fundamental as empresas comprometerem-se com os princípios universais que devem nortear a atuação de todas as organizações. Enquanto empresa de referência internacional no seu setor, a Altri tem a obrigação de se constituir também ela como uma referência na sustentabilidade social, ambiental e económica”.

A Altri foi recentemente distinguida pelo CDP – Disclosure, Insight, Action, com rating B no seu programa Alterações Climáticas. Esta avaliação coloca a Empresa na liderança do seu setor em matéria de combate às alterações climáticas, a nível internacional. A Altri obteve um score geral de B, superior ao score C que constitui a média do setor de pasta e papel, e também o rating médio na Europa. A empresa fica assim entre as empresas melhor preparadas para responder aos riscos e oportunidades que as alterações climáticas colocam ao negócio.

A Altri, que está entre os dez maiores produtores de pasta mundiais, é líder na produção de energia elétrica a partir de biomassa em Portugal, tendo sido também o primeiro emitente português a realizar e a cotar a obrigações verdes na Euronext Lisboa.