REN planeia emitir dívida verde no segundo trimestre deste ano

REN planeia emitir dívida verde no segundo trimestre deste ano

A REN - Redes Energéticas Nacionais planeia emitir "green bonds" no segundo trimestre deste ano, depois de ter realizado um "non deal road show" para atrair investidores no início deste mês, coincidindo com a altura em que a empresa obteve "luz verde" para passar a realizar este tipo de operações. 

Gonçalo Morais Soares, CFO da empresa, diz que a REN continua a aspirar em ter uma estrutura para se financiar “muito conservadora”, de acordo com um comunicado citado pela Bloomberg.

Na altura da obtenção do certificado, o CFO da REN disse que a empresa estava “finalmente em condições de diversificar a nossa base de investidores, atraindo quem já via a REN como uma empresa ‘verde’, mas que agora poderá investir numa futura emissão de obrigações verdes”.

No relatório final, o certificador internacional (ISS) classificou a REN com o rating “B Prime”, considerando que a empresa dá um “contributo significativo para o atingimento das metas de desenvolvimento sustentável”.

Em Portugal, a EDP surge como a empresa que mais operações realizou deste género. Ainda na semana passada, esteve nos mercados com uma emissão de dívida híbrida verde, sendo que a taxa de remuneração dos títulos foi fixada em 1,95%.