Uber planeia ter zero emissões até 2040. Sete milhões de viagens limpas já feitas em Portugal

Uber planeia ter zero emissões até 2040. Sete milhões de viagens limpas já feitas em Portugal

A Uber planeia tornar-se numa plataforma de mobilidade com zero emissões até 2040, recorrendo a veículos sem emissões na totalidade das viagens.

Numa primeira etapa, a empresa irá continuar a expansão do Uber Green em toda a Europa, passando a operar com Veículos Zero Emissões (VZE) em 60 cidades até ao final de 2021, quando, atualmente, este serviço está presente em apenas 37 cidades. Isto significa que os utilizadores vão poder selecionar um veículo de zero emissões em cidades que representam 80% do negócio europeu da Uber até ao final do próximo ano.

Em 2016 a Uber lançou pela primeira vez o produto Uber Green, com veículos 100% elétricos, e escolheu Portugal para a sua estreia. Até agora, foram realizadas mais de 7 milhões de viagens em veículos 100% eléctricos nas cidades portuguesas.

O segundo “degrau” é para subir até 2025, o ano em que a Uber pretende que 50% do total dos quilómetros percorridos em sete capitais europeias (Lisboa, Amesterdão, Berlim, Bruxelas, Londres, Madrid e Paris) sejam realizados em viagens em VZE.

Finalmente, em 2040, o esperado é que a Uber consiga atingir o patamar das zero emissões nas 10.000 cidades onde opera. Este esforço conta não só com a utilização de uma frota de carros amigos do ambiente como também com as soluções de micromobilidade e de transportes públicos. Isto porque, através da plataforma da Uber, os utilizadores podem também marcar viagens através das trotinetas Lime ou mesmo da rede de transportes públicos, como já acontece atualmente em Paris.

Parcerias ajudam ao objetivo

Para tornar o objetivo das zero emissões realidade, a Uber apresentou uma série de parcerias esta terça-feira, através de um comunicado. Em Portugal, a parceria entre a LeasePlan e a Uber permite aos motoristas terem acesso a veículos elétricos a preços mais acessíveis, através de um produto renting com todos os serviços incluídos. Na mesma linha, a Renault-Nissan garante que os motoristas da aplicação Uber tenham acesso a veículos elétricos a preços acessíveis na Europa, incluindo Reino Unido, França e Holanda.

A Uber e a Power Dot têm uma parceria na qual os motoristas Uber têm acesso exclusivo a hubs de carregamento elétrico a preços competitivos. A startup portuguesa dispõe de um total de 6 hubs de energia em todo o país, com 14 pontos de carregamento que permitem mais de 1000 carregamentos diários dos motoristas parceiros Uber. 

Lá fora, no Reino Unido, a Uber e a BP assinaram um acordo para fornecer aos motoristas novos centros de carregamento especializados em Londres. Em França, a parceria com a EDF vai ajudar a disponibilizar uma nova infraestrutura de carregamento rápido em algumas das principais rotas por todo o país, bem como descontos para a instalação de carregadores no domicílio.