Pacto Ecológico Europeu escolhe empresa portuguesa para estrear o financiamento

Pacto Ecológico Europeu escolhe empresa portuguesa para estrear o financiamento

A empresa portuguesa Ecofoot, de sede em Guimarães, está entre as 64 empresas que foram selecionadas pelo Conselho Europeu de Inovação para receberem uma fatia de um bolo de 307 milhões de euros.

A Ecofoot desenvolveu a H2COLOR-AUX, um composto revolucionário que impede a hidrólise no processo de tingimento de têxteis, reduzindo o número de lavagens e, consequentemente, diminuindo os custos da água e da energia, os poluentes e o tempo de produção das tintas.

“A fase 2 do projeto de inovação irá aproximar a H2COLOR-AUX do lançamento comercial”, conta o comunicado enviado às redações, embora não detalhe o valor que coube a esta empresa.

Na sequência deste financiamento, a Ecofoot produzirá 24 toneladas de H2COLOR-AUX para depois o validar em três tinturarias, duas em Portugal e uma em Itália.

De acordo com o site da empresa, esta tem, para já, capacidade para produzir 2 a 4 toneladas por dia, mas está apta a alargar as quantidades através da colaboração com parceiros.

O projeto permitirá igualmente a execução da estratégia de propriedade intelectual e a estratégia de comunicação.

As propostas que conquistaram o financiamento no âmbito do Pacto Ecológico Europeu abrangem as mais diversas áreas, contando soluções para os setores automóvel, aeroespacial, marítimo ou até as tecnologias da Internet das coisas.