Sustentabilidade: Brisa é “número um” entre 21 operadores europeus de infraestruturas

Sustentabilidade: Brisa é “número um” entre 21 operadores europeus de infraestruturas

A Brisa foi classificada, no ranking GRESB 2020, como a operadora de infraestruturas rodoviárias mais sustentável da Europa e a segunda a nível mundial, anunciou a empresa esta terça-feira em comunicado, onde salienta que na edição deste ano obteve 94 pontos, mais três do que em 2019, o que é "a melhor pontuação entre 21 empresas europeias do setor".

Na mesma nota, a empresa agora controlada por um consórcio de investidores internacionais liderados pela holandesa APG refere que para este resultado “contribuiu a aposta da Brisa num modelo de negócios sustentável, no investimento em programas de eficiência energética e descarbonização da mobilidade, através de soluções seguras, inclusivas e eficientes”.

O GRESB, que foi criado em 2009 e é o principal ranking ESG para investimentos imobiliários e de infraestruturas em todo o mundo, atribuiu também, pelo segundo ano consecutivo, o rating “cinco estrelas” ao grupo Brisa pelo desempenho na promoção de boas práticas e resultados nos critérios ESG – ambientais, sociais e de governação. 

No comunicado, o grupo adianta que n critério ambiental teve a pontuação máxima (100/100), que compara com os 44 pontos de média do ranking GRESB 2020, cobrindo indicadores como biodiversidade e habitats, qualidade do ar, emissões de gases com efeito de estufa, energia e gestão de resíduos.

Clientes, saúde e segurança, relações com stakeholders, reporte e liderança foram os restantes indicadores em que a Brisa atingiu a pontuação máxima, num total de 14 indicadores avaliados pelo GRESB, refere.

Citado na nota enviada esta terça-feira, António Pires de Lima, presidente executivo da Brisa, sublinha que “o primeiro lugar no ranking GRESB 2020 é o reconhecimento do trabalho e do compromisso da Brisa com um futuro mais sustentável”. “Vamos prosseguir neste caminho e lançar novas iniciativas que nos mantenham na liderança ESG da indústria de infraestruturas: sustentabilidade, responsabilidade social e boa governação são valores fundamentais da cultura Brisa”, acrescentou.

Desde 2017 que a Brisa participa no ranking GRESB, que mede e avalia empresas do sector imobiliário e de infraestruturas através de critérios ESG, monitoriza o progresso face às metas globais de sustentabilidade e serve de referência para o processo de decisão dos investidores e gestores de fundos em todo o mundo. No ano passado, a empresa já tinha alcançado a liderança como operador europeu de manutenção de rede de autoestradas.

Num total de 406 empresas imobiliárias e de operadores de infraestruturas, avaliadas pelo GRESB, a Brisa ocupa a décima posição no índice global de 2020. Segundo adianta na nota, o ranking de 2020, para infraestruturas, inclui mais de 540 fundos e ativos, com um valor estimado superior a 5,3 biliões de dólares, sendo que a avaliação do GRESB serve de referência a mais de 100 investidores institucionais e financeiros para monitorizar os investimentos em carteira, tomar decisões e avaliar oportunidades e riscos.